W RUN THE FINISHER NUTRIÇÃO TREINO SABER VIVER PRODUTOS VÍDEOS FOTOS CALENDÁRIO BLOGS FÔLEGO

CONTEÚDO EXCLUSIVO

Insira seu email abaixo e clique em "Enviar". Você receberá sua senha no email indicado.
Email:

Entre com o seu cadastro do Sua Corrida.

Email:
Senha:
OU

Ainda não é usuário do nosso conteúdo exclusivo?

5 dicas para estrear em uma meia-maratona

Veja o que você precisa para se dar bem nos seus primeiros 21 km

Por: Olavo Guerra - São Paulo - 30/06/2014
Compartilhe
21 km.

Foto: Iguana Sports.

A meia-maratona é uma escola para os atletas que desejam se aventurar em provas de longas distâncias. É necessária muita dedicação aos treinamentos, dosar da melhor maneira o esforço ao longo dos 21 km, utilizar a roupa certa, além de hidratação e alimentação na medida. “Essas variáveis, mesmo quando mal planejadas, não influenciam tanto nas corridas de 5 e 10 km”, afirma o diretor técnico da Cogtri Sports, de Belo Horizonte (MG), Camilo Geraldi. “Porém, em uma meia, podem acabar com a prova.”

O treinador dá cinco dicas curtas para que você se dê bem e estreie em uma meia-maratona com o pé direito:

1. Preparação
“Os treinos devem priorizar o aumento do volume (distância) e podem chegar até a igualar os 21 km”, diz Geraldi. “Esse trabalho será muito mais importante do que os treinamentos intensos que, entretanto, não devem ser dispensados”, completa.

2. Hidratação e alimentação
Em provas longas, como uma meia-maratona, beber água e repor a energia com carboidratos são medidas indispensáveis. “Nos treinos, o atleta deve simular a hidratação e a alimentação justamente para que não haja problemas no dia da prova”, diz o treinador.

3. Na estica
As roupas que serão utilizadas do dia da corrida também precisam ser testadas. “Desde o boné até o tênis, todos as peças que o atleta vestirá na prova precisam ser usadas previamente para que a mais confortável seja escolhida”, conta Geraldi.

4. Disciplina
Relaxar nos treinos de preparação para uma prova de 5 ou 10 km não é bom, mas não comprometerá tanto quanto em uma corrida de 21 km. “A dedicação do corredor precisa ser maior. Não se deve perder, sobretudo, os treinos longos.”

5. Aumento gradual
Ter calma na hora de evoluir nas distâncias dos treinamentos é importante para evitar lesões. “Evite aumentar a intensidade no mesmo dia que aumenta a distância, ou vice-versa”, garante. Essa prudência evita um desgaste desnecessário e, consequentemente, diminui as possibilidades de lesão.

Obrigado por avaliar esta matéria.
105 pessoas deram uma medalha para esta matéria.
Esta matéria merece uma medalha?
Compartilhe

MATÉRIAS relacionadas

NOSSOS BLOGS

TAGS
NEWSLETTER
EVENTOS
próximo evento VENUS 15K RJ 09 DE OUTUBRO