W RUN THE FINISHER NUTRIÇÃO TREINO SABER VIVER PRODUTOS VÍDEOS FOTOS CALENDÁRIO BLOGS FÔLEGO

CONTEÚDO EXCLUSIVO

Insira seu email abaixo e clique em "Enviar". Você receberá sua senha no email indicado.
Email:

Entre com o seu cadastro do Sua Corrida.

Email:
Senha:
OU

Ainda não é usuário do nosso conteúdo exclusivo?

Correr previne problemas no joelho, revela estudo

Pesquisa analisou 126 mil pessoas e descobriu que corredores sofrem menos de artrose do que sedentários

Por: Cesar Candido dos Santos - São Paulo - 05/07/2017
Compartilhe

problemas-no-joelho“Não corro porque tenho medo de machucar o joelho.” Você já deve ter ouvido essa frase de muita gente que não treina. Mas, nas verdade, se essas pessoas estão realmente preocupadas em proteger as articulações, é melhor elas começarem a correr.

Uma revisão de estudos publicada recentemente no Journal of  Orthopaedic & Sports Physical Therapy, que analisou quase 126 mil indivíduos, descobriu que apenas 3,5% dos corredores têm artrose nos joelhos ou no quadril. Em contrapartida, 10,2% dos sedentários sofrem com o problema. “A pesquisa muda tudo o que se pensava até então. A corrida recreacional, praticada de duas a três vezes por semana, em intensidade moderada, não desgasta e sim protege as articulações”, afirma Thiago Fukuda, doutor em ciências pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), membro da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva (SONAFE) e diretor-clínico do Instituto Trata – Joelho e Quadril. É importante ressaltar que em atletas de elite ou amadores de alta performance a incidência de problemas no joelho e quadril foi a maior de todas: 13,3%.

Mais
7 sinais de que você está treinando errado
Estudo revela que correr é contagioso
Como proteger a cartilagem das suas articulações

Por que a corrida é boa para os joelhos
A artrose – ou artrite – ocorre quando há um desgaste na cartilagem de uma articulação. “Isso gera atrito entre os ossos, que causa dor, rangido, crepitação e diminuição do movimento. Em alguns casos, o problema pode impedir a pessoa de praticar esportes, subir escada ou até mesmo andar”, explica Fukuda.

O desgaste da cartilagem geralmente acontece devido ao excesso de uso. Por isso, quem mais costuma sofrer com a artrose são atletas de alto rendimento, idosos ou pessoas que estão acima do peso (os quilos extras geram grande sobrecarga nos joelhos e no quadril). Mas a pouca utilização do corpo (leia sedentarismo) também pode causar o problema, como vimos na pesquisa. “O ideal é o equilíbrio. Ao fazer exercícios regularmente e se manter ativo, seus músculos ficam fortes e as articulações sempre lubrificadas, o que ajuda a prevenir a artrose.”

Thiago Fukuda explica que é complicado precisar o volume de corrida que deixa de ser saudável e pode causar problemas no joelho ou no quadril, pois isso muda de pessoa para pessoa. Mas, correr de 5 km a 10 km, de duas a três vezes por semana, é uma “dose” segura de atividade física, que certamente traz muitos benefícios para a saúde.

  

 

Obrigado por avaliar esta matéria.
11 pessoas deram uma medalha para esta matéria.
Esta matéria merece uma medalha?
Compartilhe

MATÉRIAS relacionadas

NOSSOS BLOGS

TAGS
NEWSLETTER
EVENTOS
próximo evento VENUS 15K RJ 09 DE OUTUBRO