W RUN THE FINISHER NUTRIÇÃO TREINO SABER VIVER PRODUTOS VÍDEOS FOTOS CALENDÁRIO BLOGS FÔLEGO

CONTEÚDO EXCLUSIVO

Insira seu email abaixo e clique em "Enviar". Você receberá sua senha no email indicado.
Email:

Entre com o seu cadastro do Sua Corrida.

Email:
Senha:
OU

Ainda não é usuário do nosso conteúdo exclusivo?

Terapia e bem-estar

Baseada nas propriedades medicinais das plantas, a aromaterapia é muito mais do que um tratamento utilizado para relaxar

Por: Daniel Braz - São Paulo - 21/10/2014
Compartilhe
Foto: Thinkstock.

Foto: Thinkstock.

Mesmo não sendo muito popular, a aromaterapia se mostra interessante para as corredoras tanto como forma de relaxamento quanto tratamento.

De acordo com Karina Yukari, coordenadora da rede de spas urbanos Buddha Spa, A aromaterapia pode tratar cansaço mental, estresse, tensão, algumas fobias e perturbações do sono. “Os óleos também podem acelerar a cicatrização de feridas externas, melhorar a circulação, combater perturbações digestivas, desequilíbrios hormonais, dores musculares e de articulações, além de ser uma técnica poderosa contra depressão, tristeza, pânico e ansiedade”, completa Karina.

Como funciona
A terapia é feita com o uso de uma mistura de óleos vegetais naturais com óleos essenciais puros, retirados de flores, folhas, cascas de árvores e de frutos cítricos, raízes, sementes e bagas.

O produto é aplicado por meio de massagens, banhos ou inalações e tem como objetivo auxiliar na cura de sintomas físicos ou emocionais. “As propriedades dos óleos entram no sistema linfático e na corrente sanguínea e são distribuídas para todas as partes do corpo”, acrescenta Gilmar Simões, massoterapeuta do Amanary Spa.

Para a corredora, a aromaterapia traz benefícios tanto antes quanto depois do exercício. “Antes da corrida, a corredora pode fazer um escalda-pés com óleos de hortelã, pimenta e gengibre por cerca de 20min, que ativará a circulação dos pés e da parte inferior das pernas.

Depois dos treinos, recomenda-se uma mistura de óleos como copaíba e andiroba, que são anti-inflamatórios, fazendo uma automassagem nas pernas com movimentos que sobem dos pés em direção aos joelhos”, recomenda Sâmia Maluf, aromatóloga e proprietária da By Samia Aromaterapia.

Simões explica ainda que o tratamento tem efeito cumulativo e que o ideal é manter uma regularidade nas sessões. “se a intenção é diminuir o cansaço póstreino, após um mês de tratamento semanal, a corredora perceberá que sua recuperação está mais rápida e o relaxamento proporcionado pelos óleos terá efeito prolongado.”

Precauções
Para não ter problemas, procure um local que trabalhe somente com produtos naturais e de qualidade.

Caso queira fazer a aromaterapia em sua casa, os cuidados devem ser redobrados. Compre óleos em empresas de confiança e tome cuidado com a quantidade do produto.

“Ao exagerar na dose, você pode acabar se intoxicando, por exemplo, se estiver usando a técnica da difusão no ar. Também é importante saber se a pessoa tem alergia a algum ingrediente da mistura e não indicamos a terapia a gestantes, para evitar problemas à saúde do bebê”, adverte Simões.

Obrigado por avaliar esta matéria.
1 pessoas deram uma medalha para esta matéria.
Esta matéria merece uma medalha?
Compartilhe

MATÉRIAS relacionadas

NOSSOS BLOGS

TAGS
NEWSLETTER
EVENTOS
próximo evento VENUS 15K RJ 09 DE OUTUBRO