W RUN THE FINISHER NUTRIÇÃO TREINO SABER VIVER PRODUTOS VÍDEOS FOTOS CALENDÁRIO BLOGS FÔLEGO

CONTEÚDO EXCLUSIVO

Insira seu email abaixo e clique em "Enviar". Você receberá sua senha no email indicado.
Email:

Entre com o seu cadastro do Sua Corrida.

Email:
Senha:
OU

Ainda não é usuário do nosso conteúdo exclusivo?

Os benefícios da massagem

Técnica melhora circulação, acelera a recuperação e até previne lesões. Veja como incluí-la na sua rotina de treinos

Por: Caroline Teixeira - São Paulo - 18/07/2013
Compartilhe
massagem

Foto: Thinkstock.

As massagens aceleram a recuperação após exercícios físicos e ajudam a evitar lesões, aliviando tensões e promovendo o equilíbrio músculo-esquelético. A técnica melhora a circulação, remove resíduos metabólicos, estimula as terminações nervosas e diminui dores e cansaço muscular. “Em relação ao sistema linfático, a massagem estimula seu funcionamento como um todo, eliminando substratos indesejáveis ao organismo e colaborando com o processo circulatório, o que favorece o bom aspecto da pele e amenizan possíveis edemas”, aponta o fisioterapeuta Maurício Garcia.

Praticamente todas podem usufruir desses benefícios. Há contraindicação apenas em casos de problemas vasculares, como trombose venosa profunda, ou de lesão muscular recente. Além disso, mulheres com insuficiência cardíaca devem evitar a drenagem linfática para não aumentar o fluxo sanguíneo.

Prevenção e recuperação pós-treino
Os procedimentos utilizados na massagem esportiva geralmente variam de acordo com objetivos individuais. Muitas vezes, o que funciona para uma pessoa pode não ter resultados eficazes para outra. “Gosto de misturar massagem clássica, shiatsu e drenagem linfática, por exemplo. Costumo usar mais de uma técnica para aproveitar o que existe de melhor em cada uma”, comenta Claudio Maradei, formado em educação física e massagista da Seleção Brasileira de Basquete.

Se a intenção for auxiliar a preparação para as atividades que serão realizadas, Garcia afirma que a massagem deve ser rápida e intensa para aquecer os músculos. “Dessa forma, os receptores contidos nas camadas da pele são estimulados, aumentando a temperatura. Um músculo aquecido tem condições melhores de desempenhar os movimentos.”

A fisioterapeuta Tatiana Abreu, da Fisio Run, recomenda que as sessões de massagem sejam realizadas uma vez por semana como auxiliares do treinamento, um dia antes ou um dia após os exercícios, e duas ou três vezes por semana como coadjuvante nos tratamentos de lesão – se forem aplicadas no mesmo dia do treino, o indicado é programá-las para depois da atividade física. “Os movimentos mais lentos e suaves são usados no alívio de dores, bem como na recuperação pós-corrida, quando é necessário buscar o relaxamento muscular”, explica.

Obrigado por avaliar esta matéria.
2 pessoas deram uma medalha para esta matéria.
Esta matéria merece uma medalha?
Compartilhe

MATÉRIAS relacionadas

NOSSOS BLOGS

TAGS
NEWSLETTER
EVENTOS
próximo evento VENUS 15K RJ 09 DE OUTUBRO