W RUN THE FINISHER NUTRIÇÃO TREINO SABER VIVER PRODUTOS VÍDEOS FOTOS CALENDÁRIO BLOGS FÔLEGO

CONTEÚDO EXCLUSIVO

Insira seu email abaixo e clique em "Enviar". Você receberá sua senha no email indicado.
Email:

Entre com o seu cadastro do Sua Corrida.

Email:
Senha:
OU

Ainda não é usuário do nosso conteúdo exclusivo?

Meia maratona: o combustível certo para os treinos

Repor carboidratos e líquidos durante corridas longas é fundamental para ter bom desempenho

Por: Iuri Totti - São Paulo - 12/04/2016
Compartilhe
Foto: Thinkstock

Foto: Thinkstock

Para cruzar bem a linha de chegada de uma prova de 21 km, não basta apenas uma ótima preparação física. Você precisa também ter alguns cuidados com a alimentação. Além de manter no dia a dia um cardápio balanceado, com fontes de carboidratos (pães, massas e arroz integrais), proteínas magras (peito de frango, peixes, filé-mignon, patinho), gorduras boas (castanhas e azeite) e vitaminas e minerais (frutas, legumes e verduras), é muito importante ajustar o consumo energético e de líquidos durante a corrida. “Conforme a distância dos seus treinos aumenta, a importância dos cuidados com a nutrição também cresce”, destaca Luna Azevedo, nutricionista do Rio de Janeiro especializada na área esportiva.
MAIS
Nutrientes que não podem faltar na dieta de quem vai fazer uma meia maratona
Inscreva-se na ASICS Golden Run 21K Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília

Ajuste o abastecimento
Nos treinos longos (acima de 14 km), água, isotônicos e gel de carboidrato devem fazer parte do seu kit básico. “Esses itens são fundamentais para manter o nível de hidratação e o estoque de energia durante atividades com mais de 1 hora de duração”, alerta Luna.

Segundo a nutricionista, a reposição de carboidrato (principal combustível do organismo durante a corrida) deve ser feita a cada 7 km ou 10 km. Mais: nunca espere sentir sede para se hidratar. Beba ao menos um copo de água (200 ml) a cada 20 min de exercício. “Em corridas com temperaturas elevadas, sugiro o consumo de 500 ml a 700 ml de isotônicos a cada hora, para repor, além de líquidos, minerais perdidos com o suor.”

MAIS
Guia de  suplementos: como o carboidrato ajuda você a ganhar pique
Guia de suplementos: produtos para retardar a fadiga

Alternativas ao gel
Por caber no bolso do shorts de corrida e ser prático de carregar, o gel de carboidrato costuma ser o repositor energético favorito dos atletas durante o treino. “Mas existem pessoas que são sensíveis aos componentes do suplemento e relatam dores abdominais ao consumi-lo”, afirma a nutricionista Luna Azevedo. Se for seu caso (ou você está enjoado do produto e quer outras opções para abastecer o corpo ao correr), é possível substituir o gel por damasco seco, uva passa, tâmaras, bananinha com açúcar, rapadura e até mel (aqueles embalados em pequenos sachês). E lembre-se: todos esses alimentos devem ser testados nos treinos. Nunca deixe para usá-los pela primeira vez no dia da prova. Isso pode causar desconfortos gástricos e prejudicar seu resultado.

Obrigado por avaliar esta matéria.
11 pessoas deram uma medalha para esta matéria.
Esta matéria merece uma medalha?
Compartilhe

MATÉRIAS relacionadas

NOSSOS BLOGS

TAGS
NEWSLETTER
EVENTOS
próximo evento VENUS 15K RJ 09 DE OUTUBRO